HISTÓRICO DO MUNICÍPIO DE MARILENA

Marilena é uma cidade localizada no estremo Noroeste do Estado do Paraná, possui clima tropical com estação de seca, tem como cidades circunvizinhas as cidades de Nova londrina, Itaúna do Sul, Diamante do Norte e Rosana. Conhecida pelas suas belezas naturais,  diversos pontos turísticos e a famosa Festa do Peixe na telha e festa do Milho, que agora se denomina popularmente como o" Festival dos Rios". Local onde  encontra-se Tríplice Fronteiras Estadual, encontro das águas do Rio Paraná, Paranapanema e seus afluentes tendo como base a agricultura, possui uma área de aproximadamente 237,6 km² com uma população estimada em 6.854 habitantes, sendo a população rural em torno de 27% deste total, aproximadamente 95% desta percentagem rural vivem e praticam a agricultura familiar, distribuída e organizada em  associações de pequenos produtores, totalizando aproximadamente 1.871 pessoas. A distância média para o mercado consumidor é de 20 km através de estradas vicinais. O município pertence ao território Noroeste do Paraná composto por 28 municípios. Nossas políticas nas áreas agrícolas e de desenvolvimento econômico estão voltadas para o fortalecimento da Agricultura Familiar e proporcionar alternativas de renda para os pequenos agricultores. As atividades agrícolas têm como principais culturas: milho, mandioca, fruticultura, café e cana de açúcar.

Etimologia. Marilena Termo híbrido, formado pelos nomes "Maria" e "Helena". O termo "Maria" é nome pessoal feminino, havendo duas possibilidades para sua origem, sendo que ambas vem do hebraico: 1)
"Miriam", formado por "mar"... gota, e "yâm"... mar: gota de mar. 2) "Myrian"... designa vidência, e resultou "Maria" em latim e grego. O termo "Helena" é nome pessoal feminino e origina-se do grego "Heléne", pelo
latim "Helena" com "e" penúltimo breve, interpretado como "resplandecente, brilhante, reluzente". Origem Histórica. Contribuíram decisivamente para o desbravamento da localidade as seguintes pessoas: Henrique Palma que chegou em 1939, Armindo C. Mazzotty, Manoel B. Vieira, Atílio Sangion, Antônio Scandelari, Antônio Adão, João Umbertino, Gentil Scottá, João Gomes, Pedro Jordão e tantos outros. A colonização da região iniciou-se em 1948, pelas empresas Paranapanema, dirigida por Índio Brasileiro Borba e Colonizadora Marilena, dirigida por José Volpato e Abelardo Alcântara. Neste período
pioneiro a localidade era conhecida por "Feijão Cru". Pela Lei n.º 13, de 05 de agosto de 1953, foi criado o Distrito Administrativo, com território pertencente ao município de Paranavaí e denominando-se Marilena. O nome dado à localidade foi em homenagem a Maria Helena Volpato, esposa do Sr. José Volpato, diretor da Empresa Colonizadora Marilena.
Em 19 de outubro de 1967, pela Lei n.º 5.678, foi criado o município de Marilena, com território desmembrado de Nova Londrina. A instalação deu-se a 18 de janeiro de 1969.